iPhones 11 de todas as cores levando um jato d'água

O iPhone é à prova d’água?

Quando o iPhone 7 foi lançado, ele trouxe para a família dos iPhones a resistência à água e a poeira. Desde então, pergunta-se “o iPhone é realmente resistente a água?”

Em artigo dedicado a resistência a respingos, água e poeira do iPhone 7 e posteriores, a Apple explica que o celular foi classificado: é resistente à água respeitando condições específicas.

Os níveis de classes de proteção IP são padrões internacionais, valem para toda a indústria e foram definidos pela norma IEC 60529, publicada pela International Electrotechnical Commission (Comissão Eletrotécnica Internacional), a IEC.

A proteção IP — Ingress Protection (ou Proteção à Entrada, melhor dizendo), foi criada para classificar o grau de proteção de produtos eletrônicos expostos à água e poeira. Esse índice é sempre composto por dois números: o primeiro referente à pó, e o segundo a líquido. Para ser à prova de poeira, o primeiro dígito precisa ser igual a seis.

iPhone 7 com respingos de água na parte traseira

No que diz respeito ao segundo dígito

Veja a tabela de classificação:

0 – Não protegido ou testado (x);

1 – Protegido contra gotas que caiam na vertical;

2 – Protegido contra gotas que caiam na vertical com corpo inclinado a até 15°;

3 – Protegido contra borrifos de água;

4 – Protegido contra jorro de água (fonte fluída);

5 – Protegido contra jatos de água;

6 – Protegido contra jatos potentes de água;

7 – Protegido contra imersão temporária em água de até 1 metro por até 30 minutos;

8 – Protegido contra a imersão em água contínua (acima de 1 metro) por até 30 minutos*;

*sujeito a acordo entre fabricante e usuário.

9 – Protegido contra água proveniente de jatos de vapor e alta pressão.

Vale lembrar que:

Dano por líquido não é coberto pela garantia e a própria fabricante dá algumas dicas do que não fazer.

  • Nadar ou tomar banho com o iPhone;
  • Expor o iPhone a água pressurizada ou em alta velocidade (chuveiro);
  • Praticar esportes aquáticos com o iPhone;
  • Usar o iPhone em sauna, seca ou a vapor;
  • Submergir o iPhone em água intencionalmente;
  • Operar o iPhone fora das faixas de temperatura sugeridas;
  • Operar o iPhone em condições de extrema umidade;
  • Deixar cair ou sujeitar o iPhone a outros impactos;
  • Desmontar o iPhone, incluindo a remoção de parafusos.

Eu posso submergir meu iPhone na água?

Você deve de pensar: “Eu posso tirar fotos debaixo d’água na praia ou na piscina?” a resposta é não, primeiramente porque não é indicado nadar com smartphone e segundo que água do mar ou água com componentes químicos não fazem parte do teste de IP que considera apenas água doce.

Como a proteção IP pode ajudar?

Pegar uma chuva, deixar o iPhone cair na pia do banheiro e outras situações que envolvam água limpa não será um grande problema. Caso isso aconteça, veja o que fazer clicando neste link!

Deixe uma resposta